728x90 AdSpace

Recentes

Ads[none]

Ads[none]

segunda-feira, fevereiro 15, 2016

Memórias dos Pioneiros - entrevista com o Pastor Antonio Cerqueira



A igreja Assembléia de Deus comemora, neste mês de junho, seu primeiro centenário de existência no Brasil. Em Lavras a igreja existe há mais de setenta anos e mais da metade desta existência esteve a sua frente o pastor Antonio Cerqueira. Ele há mais de meio século dedicou sua vida à pregação da palavra de Deus em Lavras e na região. Cerqueira foi também o pioneiro em pregação evangélica usando a mídia radiofônica: durante anos o pastor Antônio Cerqueira pregava através dos microfones da Rádio Cultura de Lavras, na ocasião, a única emissora da cidade.

O pastor Antônio Cerqueira é uma referência dos evangélicos na cidade e na região, respeitado por todos aqueles que pregam a palavra de Deus, em todas as crenças religiosas. Cerqueira nasceu em Divinópolis, na região Centro Oeste de Minas, sua vocação religiosa o trouxe para Lavras em 1957, para trabalhar ao lado do missionário Lawrence Olson. Em Lavras, Cerqueira constituiu família, ele é pai de Ester Sônia, Ester Solange, José Cláudio, Levi Sérgio, Oséias Cerqueira e de Paulo Cerqueira, ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal.

Como o senhor descobriu a vocação para ser pastor na Assembléia de Deus?

Desde minha adolescência, quando tive um encontro com Jesus Cristo, Deus sempre me tocava para o chamado ministerial. Um dia, quando tinha 19 anos, esteve na minha cidade natal (Divinópolis) o Missionário Melvin Hodes que trouxe uma mensagem baseada no texto de Atos 26, versículo 19 que diz "Eu não fui desobediente à visão celestial". Aquela mensagem mudou os meus planos para Deus. Tive a chamada pastoral. Para isso foi necessário deixar a profissão de ferroviário já bem iniciada para ser ministro do evangelho. Desde 1957 continuo com essa chama bem acesa no meu coração.

Que lições a vida pastoral lhe ensinou?

Muitas... fica até difícil dizer... talvez uma das maiores foi ter amor naquilo que se faz. Diante das dificuldades, dos problemas que todos nós possuímos, o amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. Assim como apóstolo Paulo e apoiando nas Sagradas Escrituras posso dizer que sem amor nada se estabelece. Essa é uma grande lição.

O senhor já sofreu algum tipo de perseguição por causa da fé?

Sim. No começo as coisas não eram fáceis. Em uma cidade próxima a Lavras, as pessoas foram à praça principal para nos bater simplesmente porque estávamos pregando o evangelho. Além dessas perseguições diretas, em muitas ocasiões eu, minha esposa, meus filhos ou outros membros da igreja fomos rotulados como gente sem valor, só por sermos crentes assembleianos. Mas Deus sempre nos guardou e nos deu vitória. Graças a Deus por isso.

A Assembléia de Deus está fazendo cem anos no Brasil, dos quais o senhor participou em mais de meio século. Logicamente os tempos mudaram nesses anos. O senhor acredita que a igreja deve se adequar às pessoas ou às pessoas se adequar a uma igreja?

O certo é nós e eles ou eles e nós adequarmos a Bíblia que é a Palavra de Deus inerente para todas as épocas.

Por que o nome Assembléia de Deus de Missões ou Missionária?

O nome Assembléia de Deus de Missões foi dado pelos dois missionários suecos, Daniel Berg e Gunnar Vingren. Atendendo um chamado missionário eles vieram para o Brasil, onde deram início à igreja Assembléia de Deus em Belém do Pará em 18 junho de ano de 1911, cumprindo uma Missão, daí usaram falar Assembléia de Deus Missões.

Então qual o segredo de comemorar cem anos como a maior igreja evangélica do Brasil?

O segredo da igreja não é segredo para ninguém, pois está escrito nas Sagradas Escrituras. A igreja tem que ter Cristo como cabeça. A igreja que tem a Jesus Cristo como centro de tudo possui vida e consegue avançar no tempo. Contra essa igreja nem o inferno pode prevalecer. No dizer de Jesus.

Vendo o tempo que passou, se o senhor pudesse recomeçar hoje, o que mudaria ou faria diferente?

Na essência do trabalho não mudaria nada. Faria o mesmo. Vejo que o cristão de hoje precisa se firmar na verdade do evangelho. As pessoas estão deixando se levar por qualquer vento de doutrina que surge por aí. Não apenas com a placa de igreja cristã. Quem for começar hoje tem que se firmar na verdade do evangelho para não ser enganado por essas coisas, mas dando o bom testemunho da nova criatura em Cristo.

Nesses anos de trabalho, qual foi o momento mais difícil que senhor enfrentou?

No mês de novembro do ano passado, aprouve a Deus recolher às mansões celestiais minha querida esposa Ladir Cerqueira. Esse com certeza foi um momento difícil para mim. Pelo lado da fé estou muito tranqüilo. Sei da esperança que tenho em Deus. Sei que ela está muito melhor do que todos nós que ainda estamos lutando nesse mundo. Mas como homem sinto falta da minha querida esposa. Quem já passou por essa experiência talvez entenda melhor o que estou dizendo. A fé em Deus me ajuda a enfrentar essa realidade. Também conto com o amor e carinho de meus filhos, minhas irmãs Irene, Maria, amigos e de toda igreja. Com a graça de Deus vamos superando as dificuldades.

Este mês de junho o senhor completa mais um ano de vida. Essa data coincide com o dia do pastor e nesse ano com o centenário da Assembléia de Deus no Brasil. Qual o presente que o senhor espera receber nessa data especial.

Veja bem, chega a um ponto da vida que os melhores presentes não são para nós, mas para as pessoas que amamos. O presente que sempre quero ter é ver a minha igreja e minha família unida servindo a Jesus Cristo. Tendo isso todas as demais coisas serão acrescentadas.

Nota: Pastor Antonio Cerqueira, foi Presidente da Assembleia de Deus em Lavras -MG. Fundou a UMADESMIG - União da Mocidade das Assembleias de Deus no Sul Minas, na qual a presidiu por muitos anos. Foi um baluarte e coluna no Brasil, homem de Deus, humilde e de caráter firme e atuante. Exemplo para todos os obreiros em Minas Gerais. Deus o promoveu para as Mansões Celestiais, deixando saudades e lindas recordações.

Veja vídeo e recorde as mensagens do saudoso homem de Deus:


Fonte: Jornal de Lavras
Memórias dos Pioneiros - entrevista com o Pastor Antonio Cerqueira Reviewed by Pr. Antonio Romero Filho on segunda-feira, fevereiro 15, 2016 Rating: 5 A igreja Assembléia de Deus comemora, neste mês de junho, seu primeiro centenário de existência no Brasil. Em Lavras a igreja existe...

Reações:

Nenhum comentário:

Ads[none]